Select Page

Franchisado MAXFINANCE

  • O Franchisado integra a rede MAXFINANCE sendo uma pessoa jurídica distinta da Max finance – Intermediários de Crédito, Lda.;
  • O Franchisado está obrigado a atuar de acordo com o código de conduta MAXFINANCE, que impõe, a transparência e a probidade na prestação do serviço de intermediação, e bem assim tutela o interesse dos clientes/consumidores;
  • Ao Franchisado não é permitido realizar operações bancárias ou financeiras.
    • Telefone: 966 968 353
    • E-mail: pborges@maxfinance.pt
Mutuantes com contrato de vinculação: BANCO BPI, SA, CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS, SA, BANCO SANTANDER TOTTA, SA, BANCO CTT, SA, NOVO BANCO, SA, NOVO BANCO DOS AÇORES, SA, UNION DE CRÉDITOS INMOBILIÁRIOS, S.A., ESTABLECIMIENTO FINANCIERO DE CRÉDITO (SOCIEDAD UNIPERSONAL) – SUCURSAL EM PORTUGAL
 
Apólice Seguro de Responsabilidade Civil: Crédito Hipotecário: 2511799  – Hiscox, S.A. Sucursal em Portugal, válido de 10/10/2018 até 09/10/2019 | Crédito ao Consumo: 2511798  – Hiscox, S.A. Sucursal em Portugal, válido de 10/10/2018 até 09/10/2019

Centro de Resolução de Conflitos


Disclaimer Legal:

Está vedado ao Intermediário de Crédito o recebimento ou entrega de quaisquer valores relacionados com a formação, a execução e o cumprimento antecipado dos contratos de crédito, nos termos do artigo 46º do Dec. Lei 81-C/2017 de 07 de Julho relativo ao Regime Jurídico dos Intermediários de crédito

 

A actividade de intermediário de crédito está sujeita a supervisão por parte do Banco de Portugal.


Os serviços de intermediação de crédito autorizados pelo Banco de Portugal:


– Serviços relacionados com Crédito Hipotecário e com Crédito a Consumidores: apresentação ou proposta de contratos de crédito a consumidores;


– Assistência a consumidores, mediante a realização de actos preparatórios ou de outros trabalhos de gestão pré-contratual relativamente a contratos de crédito que não tenham sido por si apresentados ou propostos;


– Serviços de consultoria.


Em caso de processo de reclamação, a mesma deverá ser apresentada das seguintes formas:


– Através do preenchimento do livro de reclamações, seja em formato físico, disponível nos balcões das instituições, seja em formato eletrónico, disponível em https://www.livroreclamacoes.pt/inicio


– Diretamente ao Banco de Portugal, através de carta ou do link https://www.livroreclamacoes.pt/inicio